Bem Vindo ao site da Paróquia Santa Eulália de Aguada de Cima.

Se quiser deixar sugestões, pode e deve fazê-lo na área contacto .

Esperamos que ache este site útil, e muito obrigado pela visita.
VALORIZA OS DONS QUE DEUS TE CONFIA

Georgino Rocha

Jesus quer deixar claro quem é Deus. Está na parte final dos seus ensinamentos. Tem consigo os discípulos e, neles, todos os que virão a acreditar na sua palavra.Como nós, hoje.

E recorre a três parábolas muito concretas: A da festa nupcial, narrada no domingo passado, a da avaliação final ou do juízo da humanidade e do universo, no próximo domingo que a Igreja celebra como a Festa de Cristo Rei, a de hoje dedicada aos talentos confiados aos servos por um homem rico que vai fazer uma viagem.

Por indicação do Papa Francisco este domingo é consagrado especialmente aos Pobres, o que indica uma chave de leitura para o texto evangélico

Ler mais...
 
Conservar ou arriscar?

P. Vítor Gonçalves

Conta-me um amigo, bancário de profissão, que esta parábola dos talentos é a preferida dos bancários e gerentes de conta.

Pois é o próprio Jesus que diz a um dos servos, quando ele devolve ao senhor o talento recebido, que mais valia tê-lo depositado no banco, onde teria ganho juros!

É claro que Jesus não está a elogiar nenhum sistema bancário, e certamente não vê com bons olhos o uso e abuso que é feito do dinheiro, quando se lhe vende a alma e se endeusa o seu poder.

Ler mais...
 
NEGOCIANTES OUSADOS OU O TEMPO TODO SENTADOS EM CIMA DO TESOURO!

António Couto

1. A parábola do Domingo passado (XXXII) terminava assim: «Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora» (Mateus 25,13).

E a parábola deste Domingo, XXXIII do Tempo Comum, que segue imediatamente a anterior (Mateus 25,14-30), agrafa-se a ela, utilizando três motivos temáticos e literários:

a) se a parábola do Domingo passado terminava incutindo uma atitude de vigilância: «Vigiai, pois…» [gregoreîte oûn], a de hoje encaixa ou imbrica-se nela, dizendo em que consiste essa atitude de vigilância, iniciando com:

Ler mais...
 
XXXIII Domingo do Tempo Comum

A vinda de Jesus e os nossos talentos

O ladrão, quando quer assaltar uma casa, nunca avisa em que dia ou hora vai chegar.

Não diz nada e vem a horas escusas, que ninguém espera, para poder contar com o sono, a falta de prevenção e a guarda enfraquecida.

Assim será também a segunda vinda de Jesus.

O primeiro advento de Jesus foi bem badalado, pelas miríades de anjos celestiais, pelos pastores, pelos magos do Oriente, mas a segunda vinda será sem aviso prévio (Mt 24, 43; II Pe 3, 10; I Tes 5, 2-6).

O Senhor Jesus virá como o ladrão de noite. Ninguém sabe quando, embora saibamos que, de certeza, Ele vai voltar.

Dessa hora, dia e ano só o Pai do céu sabe.

Ler mais...
 
A encíclica de carne e osso

Octávio Carmo

Uma das grandes curiosidades do início do actual pontificado era saber quando é que seria publicada a “encíclica” do Papa Francisco sobre a pobreza.

Os discursos sobre a “economia que mata” e os gestos de proximidade com os mais desfavorecidos, aqueles para quem pede “tecto, terra e trabalho” vezes sem conta, criaram uma natural curiosidade, uma profunda expectativa sobre o que seria um texto de referência para as gerações futuras.

Na sequência do Jubileu da Misericórdia, Francisco decidiu escrever uma encíclica de carne e osso, olhando para hoje e para os anos que estão por vir: a criação de um Dia Mundial do Pobre.

Ler mais...
 
Dia Mundial dos Pobres: Igreja deve quebrar ciclo de pobreza dos mais fragilizados

As respostas sociais da Igreja católica devem dar “um salto qualitativo” para um acolhimento “transformador” que quebre o ciclo de pobreza das pessoas mais fragilizadas,

afirma Teresa Vasconcelos, da Comissão Nacional Justiça e Paz.

“Em que medida (as instituições da Igreja, ndr) estão a fazer apenas um remedeio temporário ou estão a ajudar os pobres a serem donos do seu próprio destino, dando-lhes meios, educação, trabalho, para que o ciclo da pobreza seja interrompido”,

Ler mais...
 
Celebrações

Sábados:

19h00-Igreja Matriz 

20h30-S. Martinho

 

Domingos:


09h00-Agadão

10h15-Belazaima

11h30-Aguada de Cima

 

Quinta-feira:

20h30-Igreja Matriz 

 

Durante a semana,

nos lugares:

19h30

Horário de Cartório

De Terça a Sexta-feira das 14h30 as 18h30.

CAE
O Centro de Atendimento Espiritual está encerrado. Em caso de necessidade procure um sacerdote do Arciprestado.
Note Bem
Datas importantes para a Comunidade   

19 de Novembro - Dia Mundial da Pobreza

                            - Oração pelos Seminários

20 de Novembro - Escola do MCC, na Casa Diocesana

21 de Novembro - Formação de Catequistas, no Cefas, em Águeda

                            - Equipas dos próximos Cursilhos, no Seminário

23 de Novembro - Reunião geral de Catequistas, no Centro Paroquial

24 de Novembro - Encontro Arciprestal sobre o Plano Diocesano, em Recardães

26 de Novembro - Assembleia Diocesana de Movimentos Laicais, no Seminário

 
Populares
Agenda
« < Novembro 2017 > »
D S Q Q Q S D
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2
Liturgia
Quem está Em Linha